• Camila Maia

New York, New York



Quando eu escutava a música New York New York eu nunca pensava na repetição do refrão como uma localização. Hoje quando escrevo meu endereço tenho uma percepção mais profunda do que significa "New York, New York".


"I WANNA WAKE UP IN A CITY THAT DOESN'T SLEEP"
eu quero acordar na cidade que não dorme

Cidade Nova Iorque, Estado Nova Iorque. Mais especificamente na ilha de Manhattan, muita gente acredita ser o centro do mundo... Muitas vezes escutei: Manhattan é o lugar onde tudo acontece...


 A  "cidade que nunca dorme" atrai olhares de artistas, empresários, sonhadores há décadas. Gente em busca de OPORTUNIDADE, de LIBERDADE. Gente de toda parte que vem recomeçar ou se reinventar em New York. 


MAS O QUE FAZ DESTE LUGAR TÃO ESPECIAL?


Nova Iorque é o luxo simples. Caro, mas simples!

Caro porque viver em Nova Iorque é pagar um imposto altíssimo e o aluguel nem se fala. Você poderá pagar 3 mil dólares (na promoção!) por um apartamento onde o quarto mal cabe uma cama de casal, no quarto andar (sem elevador) de um prédio meio inclinado construído antes da segunda guerra mundial (pre-war buildings).


Muita gente acaba indo morar em bairros próximos a Manhattan, como Queens ou Brooklyn, ou até nos estados vizinhos como New Jersey e Connecticut para economizar e viver em espaços mais amplos e confortáveis.


Porém um grande número de pessoas tenta, ou pelo menos sonha, em ter a experiência de morar em Manhattan.


Mas o que leva a pessoa escolher viver no meio das sirenes, de todo este movimento da cidade que nunca dorme e ainda pagar caro por isso?





"I WANT TO BE A PARTE OF IT New York NEW YORK" 
eu quero fazer parte disso Nova Iorque Nova Iorque





Viver em Manhattan é realmente fazer parte de uma energia diferente... é fazer parte de um lugar de sonhos, de promessas e de conquistas.


Você vai ouvir as pessoas dizendo: "Fazer parte disso"  

Manhattan é cenário de muitas histórias e filmes. Estar aqui é uma sensação de conquista, de fazer parte de algo vivo, cheio de energia e muito multicultural. É lúdico. 


A coisa mais normal ao andar pelas ruas de Manhattan é escutar diversas línguas diferentes. É o lugar que gente do mundo inteiro vem buscar acolhimento e oportunidade.



Um dos principais pontos turísticos da cidade e símbolo de Manhattan é a ESTÁTUA DA LIBERDADE, que representa não só a liberdade, mas democracia e esperança.


Viver aqui é realmente perceber e aceitar a diferença cultural de cada um. Asiáticos, europeus, russos, persas, latinos, africanos... Jovens, idosos, heteros ou LGBT... Judeus, cristãos, evangélicos... Aqui todo mundo tem seu espaço, sua voz.


Uma das primeiras coisas que me chamou atenção foi como as pessoas de mais idade eram ativas e independentes por aqui. Muitas vezes mesmo com dificuldades motoras elas entram e saem de restaurantes e lojas, aproveitando Udo que a cidade tem a oferecer... É uma energia contagiante. 



Como não se impressionar com a arquitetura de Nova Iorque?


Viver em Manhattan é também ter o Central Park de jardim… É caminhar pelas ruas... Aliás,  fazer o tênis seu acessório principal é mais que um chamado! É andar de bicicleta... É se apaixonar pela mistura do antigo e do moderno. É viver cada estação.










O que eu sinto é que ao mesmo tempo que todo mundo está buscando sua própria sobrevivência de forma individual por aqui, também é complacente com o outro, pois já viveu a mesma dor. Já sentiu saudade de casa,  dificuldade de se adaptar em uma nova cultura, ou de não falar a língua. Enfim, todo mundo é conectado de alguma forma...



Eu ainda tenho muito a explorar por aqui... Mas o que posso adiantar é que realmente é uma super experiência viver o estilo NEW YORKER de ser.



Camila Maia



38 visualizações1 comentário

Camila Maia  © 2020